COSMÉTICOS: ESCOLHA O PRODUTO CERTO QUE NÃO AGRIDA SUA PELE

0
66

Usar cosméticos adequados faz a diferença. Por isso cuidado na hora de escolher o seu produto. Compostos químicos associados ao uso de produtos de cuidado pessoal e plásticos foram encontrados em concentrações elevadas, principalmente nas regiões Norte e Nordeste do País.

Iniciada em 2016 e realizada em parceria com pesquisadores do Departamento de Saúde do Estado de Nova York, a pesquisa apontou que a maioria dos desreguladores relacionados ao uso de cosméticos e produtos de cuidado pessoal foram encontrados em maior concentração nas meninas.

Esta diferença chegou ao dobro em algumas substâncias –como o triclosan (presente em desodorantes e sabonetes antibacterianos), alguns parabenos (conservantes) e alguns benzofenonas (utilizados principalmente na formulação de esmaltes e presentes em protetores solares, produtos de maquiagem e produtos de cabelo).

Douglas Alan, cosmetólogo, da Galant, explica que esse tema é abordado com frequência e existe alto grau de vigilância na Europa e nos EUA. No Brasi, o uso de conservantes nocivos está em fase inicial de estudos.

A relevância dos cosméticos nos cuidados pessoais

Cosméticos são veículos de nutrição, hidratação e tratamento da pele e do couro cabeludo. Conservantes nocivos são extremamente prejudiciais no médio longo prazo de consumo.

“Produtos de maquiagem, esmaltes, etc. utilizam boa quantidade de conservantes em sua produção. Com isso, o público feminino acaba sendo mais suscetível a essas toxinas, pois atacam o sistema reprodutor e endócrino”, conclui Douglas.

Cosmético não deixa de ser um alimento, uma forma de nutrição do maior órgão que temos, a pele.Portanto, o conceito da Galant é o bem-estar de uma forma geral, porque os cosméticos estão associados a saúde da pele, cabelo…e não deixam de ser nutrientes que vão ativar o organismo das pessoas. “Por isso optar por produtos com conceito mais natural é uma forma de “consumir” menos aditivos. Está tudo interligado: cosmético + organismo + saúde + beleza“, conclui Douglas.

Então agora diante dessas dicas, nosso consumo de cosméticos deve acontecer de forma mais seletiva e consciente.

A variedade oferecida e o crescimento da vaidade nos dias de hoje, às vezes nos levam a cometer impulsos de compras desnecessárias. E nessa compra pode estar um cosmético que talvez agrida a sua pele.

Que bom que chegou para mim essa sugestão de pauta e estou agora terminando de redigir para compartilhar com vocês .

Informação vale ouro nos dias de hoje.

Aguardo vocês para o próximo post.

Beijos,

Alessandra Castro

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here